Efeito da mastite bovina sobre a composição e indicadores de higiene em leite de tanque

Efeito da mastite bovina sobre a composição e indicadores de higiene em leite de tanque

 
Resumo

O objetivo geral do estudo é avaliar o efeito da mastite subclínica sobre a composição e a qualidade higiênica do leite de tanque de rebanhos leiteiros. Especificamente, objetiva-se avaliar o efeito da contagem de células somáticas (CCS) do tanque de rebanhos leiteiros sobre as concentrações de gordura, proteína, lactose, caseína, sólidos totais e extrato seco desengordurado e sobre a contagem bacteriana total (CBT), contagem de psicrotróficos e contagem de coliformes. Para tanto, serão coletadas amostras de leite de tanque de 100 propriedades leiteiras do estado de São Paulo, selecionadas com base na contagem de células somáticas (CCS) e na proximidade ao laboratório. Estas propriedades serão classificadas em três grupos, de acordo com a média de CCS dos últimos 3 meses: baixa (<250.000 células/mL), média (> 250.000 e <750.000 células/mL) e alta CCS (>750.000 células/mL). As amostras de leite do tanque serão coletadas quinzenalmente, por um período de três meses, totalizando 600 coletas, que serão submetidas às analises de composição, CBT, contagem de psicrotróficos e contagem de coliformes. Os resultados de análises microbiológicas (CBT, CP e CC) serão convertidos para escala logarítmica e serão submetidos à análise de variância. A comparação entre as médias será realizada pelo teste de TUKEY. Será utilizado um nível de significância de 5% para todos os testes realizados.